Como Fazer O Google Priorizar Teu Website?


Prepare-se Para Vender Muito mais Pela Black Friday


De dicas de alimentação balanceada e formas de "descomplicar" a existência às "vantagens de estar careca". Com uma linguagem simples e super bem humorada, a farmacêutica de Ribeirão Preto (SP), Lívia Hernandes, de 27 anos, descreve num web site a rotina de uma paciente com câncer de mama. Diagnosticada com a doença em junho nesse ano, a jovem viu pela internet uma maneira de compartilhar os desafios de conviver com a doença e aprensentar que apesar dos problemas é possível desafiar o tratamento com coragem e definição. A descoberta da doença veio por sorte, conta a farmacêutica.


Foram abundantes exames até o diagnóstico: punção de material, mamografia, ultrassom. A confirmação, mas, veio depois de uma biópsia. Além da mastectomia, a farmacêutica assim como teve que conviver com a queda de cabelo, causada pelos remédios utilizados na quimioterapia. Primeiro, ela cortou bem curtas as longas madeixas. Logo em seguida, raspou o restante dos fios com a ajuda do namorado, Luiz Fabiano Aguiar. Diante de tantas alterações, ela decidiu tentar encarar a situação da melhor maneira possível.


A ideia de fazer um site, segundo a farmacêutica, começou na realidade pelo Facebook, canal que Lívia decidiu utilizar no começo para compartilhar com os amigos a melhoria do tratamento contra o câncer. A partir desta primeira post, imensas pessoas começaram a mandar mensagens para a farmacêutica. Cada texto publicado na mídia social vinha com o incentivo pra que Lívia montasse um site sobre. Intitulado "É câncer de mama, e agora?", o blog foi lançado no dia vinte de agosto e acumula mais de quinze mil visitas. A página na web tem rendido à paciente contato com internautas de todo o Brasil - principalmente mulheres que neste instante tiveram ou enfrentam uma luta contra a doença. Tornar-se paciente com câncer fez com que Lívia se motivasse não só a compartilhar a competição contra a doença. A farmacêutica precisa acompanhar com ações pra instigar a precaução e aprensentar que há sempre uma forma de conviver com a doença sem se deixar desanimar.


No dia 26 de outubro, ela fará uma "Festividade do Lenço", para arrecadar lenços e doá-los às pacientes que realizam tratamento no HC de Ribeirão. Lívia diz que as transformações que o câncer trouxe a tua existência irão além das mudanças no organismo. Para ela, a doença trouxe avanço e consciência. E dentre os segredos para transportar a vida mais suave com o câncer, Lívia diz que o fundamental é conservar o agradável humor.


Está investigando este cara neste local, O Phil? Ele tem mais de 500 mil alunos inscritos em seus cursos. Os que apresenta numa plataforma chamada Udemy. Depois de ficar famoso no Udemy, com milhares de alunos que este web site ofereceu a ele, aí sim, ele desenvolveu um website. Você tem uma câmera? Poderá ser a do celular mesmo.


Desta forma, comece a obter dinheiro nesse final de semana com teu curso sobre o assunto aquela área que você conhece. Faça um curso, aprenda e depois ensine. Produzir um curso necessita de disciplina, no entanto não é árduo. Todavia se você anda sem tempo ou ainda não se sente confiante para isso, divulgue os cursos de terceiros.


  • Um Resumo Operacional

  • 2 #2. Rentabilização Indireta

  • 30 minutos de Extras

  • 2-quinze Le rubis de L'Orient O Rubi do Oriente

  • 2: Marca favorita de maquiagem nacional e internacional

  • Cílios alongados ou volumosos

  • Play em um Filme



No exterior há uma plataforma chamada Clickbank que o Hotmart reproduziu no Brasil com muito sucesso. Você poderá se cadastrar, escolher os produtos conforme suas afinidades e atravessar a indicar consumidores. A questão é que com facilidade você conseguirá fazer asneira (principalmente no começo), indicando amigos, incomodando as pessoas. Assim sendo é importante que você aprenda com quem agora seja um membro de sucesso pra apreender os dos & don’ts desta maneira de ganhar dinheiro e gerar renda extra.


Por ti que até ontem nem sabia o que era um membro, indico este curso do Thiago Bastos, que é um dos melhores para quem está começando. Tem um brinquedo que seu filho não utiliza mais? Venda ou alugue em um site pra esta finalidade. Vai para outra cidade? Se vai de automóvel, “venda” os espaços que sobram no Blah Blah Car.


Vá de Blah Blah Car que é mais barato que ônibus. Tem um cômodo sobrando na moradia? Receba um hóspede pelo Airbnb. Pela economia colaborativa, tudo gira. Empreste teu chinelo pra alguém e comece a fazer dinheiro (o chinelo é brincadeira). De mãos dadas com a colaboração está a sustentabilidade. E não é somente por início, entretanto também é algo financeiramente rentável.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *